Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Neruda da América Latina

Peru pescado por Fujimori
Argentina cantada por Mercedes Sosa
Bolívia perdida no metal do diabo
Liberdade é o socialismo em Cuba
Oprimido Brasil pelo boi, a bala e a bíblia

Nicarágua vulcão político em ebulição
Equador bananizado pela oligarquia
Rasgado Haiti pela miséria e o terremoto
Uruguai com Mujica na trincheira
Dominicanos navegam pelo mundo
A buscar suas míseras migalhas

Paraguai de guaranis e Chaco
Astecas e Maias desgranados como milho no México
Brasil de monocultura, latifúndio e escravidão
Lagos e florestas frutificam e florescem em Araucania
O mar de cobre se esconde no Chile do Atacama
 
Nicarágua de lagos e lutas
El Salvador de café e sangue
Reforma agrária na Bolívia de Estanho
Uma Guatemala com som de marimba
Deram um golpe institucional em Honduras
Atravessam navios no Canal do Panamá


Petróleo é o sangue do venezuelano
Argentino faz tango com vinho e trigo
Brasileiro faz samba com arroz e feijão
La Paz com neve sorrindo no Ilimani
Oruro carnavaliza nas montanhas
 
Nicarágua de vulcões e revoluções
Equador flor de mares, selvas e montanhas

Resistência e luta na Colômbia do café
Uma Costa Rica sem soldados e armas
Derrubaram Allende covardemente
Atacando La Moneda com bombas e aviões


 
Bruno Valverde
Enviado por Bruno Valverde em 08/01/2019
Alterado em 29/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários