Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Lagos do Chile
A neve é a flor
Chorada pelas montanhas
Que floresce e frutifica os lagos
O lago é o olho do Mapuche
Que chora suas lágrimas nos rios
O mapuche é a abelha dos Andes
Que planta suas colmeias
Colhendo o mel da terra
Mel da terra abençoado
Pelo trabalho das abelhas
Pelas cinzas dos vulcões
Montanhas cavalgam
Ao lado de lagos que voam
Movendo o coração dos Mapuches
Lagos são aves
Montanhas são cavalos
Que florescem e frutificam
As terras e os lagos do sul chileno
Montanhas inundam lagos
Lagos incendeiam montanhas
Montanhas e lagos
Incendeiam e inundam
O espírito e o coração do Mapuche
Bruno Valverde
Enviado por Bruno Valverde em 12/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários