Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Locomotiva da Mata Atlântica
Mar de morros
Mar de morros
Mar de rios
Mar de rios
Mar de chuva
Mar de chuva
Mar de restinga
Mar de restinga
Mar de mangue
Mar de mangue
Botafogo de vida
No oceano
Veio a cana
Veio a cana
Veio o ouro
Veio o ouro
Veio o café
Veio o café
A mata
Virou moita
A mata
Virou moita
Nas ondas
Da especulação imobiliária
Do agronegócio
Tem tucano
Jaguatirica
Palmito
Mico Leão Dourado
Muriqui
Veado Campeiro
Jequitibá
Pau Brasil
Quaresmeira
Tatu bola
Biodiversidade
Sociodiversidade
Mar de mata
Mar de mata
Se o bixo homem
Não proteger
A Mata Atlântica
Vai desaparecer

Bruno Valverde
Enviado por Bruno Valverde em 23/08/2018
Alterado em 28/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários