Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Neruda de los Andes
Neruda de los Andes

Neruda de los Andes
Suas ferteis palavras
Sairam da boca do vulcao
Como lavas
Que formam
Montanhas de sentimentos
Os lagos
Llanquihue
Villarica
Collico
Caburgua
Calafquen
Panguipulli
Rinihue
Ranco
Rupanco
Todos os santos
Puyehue
Maihue
Sao lagrimas das montanhas
Que choram sua poesia

Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Bruno Valverde
Enviado por Bruno Valverde em 02/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários