Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Morro de São Paulo
Recife de coral
Floresta do mar
Morada da ictiofauna
O calcário é o berço do mar

O mar põe o sol
O sol põe o mar
O mar põe o sal
O sal põe o mar

Uma montanha colorida
É assistida
Por uma plateia
De mar, areia e coqueiros

O sol aquece o mar
O pescador queima o peixe
O peixe queima o homem
O homem queima o mar

O mar queima o sol
O sol molha o mar
O peixe frutifica o mar
O mar floresce o peixe

O recife de coral floresce o peixe
O peixe frutifica o recife de coral
O mar floresce o recife de coral
O recife de coral frutifica o mar

O pescador frutifica a madeira
O pescador floresce a canoa
A canoa frutifica o mar
O mar frutifica o homem

O peixe frutifica o homem
O homem precisa frutificar o peixe
Florescendo o mar
Navegando rumo a sustentabilidade


Bruno Valverde
Enviado por Bruno Valverde em 22/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários