Bruno Augusto Valverde Marcondes de Moura
Caminhada, poesia, ecologia e geografia. Uma trincheira de luta contra a crise civilizatória.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos
Cartas (8) Cordel (9) Frases (2)
Homenagens (3) Pensamentos (2) Poesias (359)
Tautogramas (4)
Título Categoria Data Leituras
Quetzal Poesias > Natureza 27/12/17 5
Metal del diablo Poesias > Social 27/12/17 3
Metal do diabo Poesias > Social 27/12/17 4
Cobre de Chuquicamata Poesias > Social 27/12/17 5
Mares do México Poesias > Natureza 22/12/17 11
Mares de Francia Poesias > Natureza 22/12/17 14
Mares da França Poesias > Natureza 22/12/17 14
Amar é navegar Poesias > Amor 22/12/17 6
Mares da Espanha Poesias > Natureza 21/12/17 13
Mares de Portugal Poesias > Natureza 21/12/17 23
Ladrões Poesias > Social 19/12/17 5
Não vou me culpar Poesias > Pensamentos 18/12/17 6
Ônibus lotado Poesias > Social 18/12/17 19
Açúcares Poesias > Pensamentos 13/12/17 6
Nomofobia Poesias > Social 13/12/17 11
Homenaje a un escritor y poeta peruano Homenagens 12/12/17 5
Homenagem a um escritor e poeta peruano Homenagens 12/12/17 7
Mares do Paraguai Poesias > Natureza 06/12/17 11
Mares do Equador Poesias > Natureza 06/12/17 11
Mares do Peru Poesias > Natureza 06/12/17 9
Página 5 de 20 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]